terça-feira, 3 de novembro de 2015

Joelma fala de traições e agressões de Chimbinha: “Tentou me jogar do segundo andar”


Joelma em entrevista ao “Fantástico”

Joelma concedeu uma entrevista bombástica ao “Fantástico” neste domingo (01), na qual acusou Chimbinha de traições e desvios de dinheiro da banda Calypso.

“Realmente ele (Chimbinha) estava fazendo outros projetos fora da banda, sem a minha permissão, sem me consultar, e saiu muita verba”, disse a loira, que também comentou as traições do ex-marido.

“Não foi apenas uma traição, foram várias traições, né? Eu perdoei muitas vezes. As mulheres que passam por isso vão entender. O homem faz uma traição aí chora, pede perdão, e você passa por cima por conta da família e trabalho. Aí vem uma segunda traição, aí você perdoa. Tem uma hora que você não aguenta mais. Quando isso começou a afetar os meus filhos, quando meu filho teve que se meter entre eu e ele para que eu não apanhasse, aí chegou o ponto final”, desabafou.

A líder da Calypso ainda relatou ocasiões em que foi agredida: “No início da banda ele me agrediu e eu tive que passar três dias trancada em um quarto de hotel até meu rosto voltar ao normal. Ele tem muito cíumes. E, depois de três anos, ele tentou me jogar do segundo andar de uma casa, aqui do Recife, onde a banda estava alojada. Não denunciei pela família e também por vergonha. Não queria me expor”.

Joelma acrescentou que a bebida era o motivo das brigas: “Ele perdia o controle assim, de uma maneira que ninguém conseguia controlar ele. Nos outros momentos não, ele era muito calmo e tranquilo. Mas ele não podia ser contrariado. Mas para mim isso é página virada, eu já superei isso aí”.